Arese

 

Visitas Médicas Realizadas

Linha do Tempo

Cólica Infantil

Na primeira infância, vários sintomas gastrointestinais como prisão de ventre, regurgitação, choro/irritação, excesso de gases e cólica infantil são problemas comuns que podem resultar em numerosas visitas ao consultório médico, sendo a última, a mais prevalente.¹

A causa da cólica infantil continua em conflito, mas alguns autores favorecem a produção excessiva de gás colônico como fator etiológico importante. As observações clínicas da distensão abdominal com o choro paroxístico aliviado pela passagem de flatos apoiam esta teoria. A intolerância transitória à lactose é a causa mais provável de gás colônico excessivo.²

Desta forma, combinar ingredientes como enzimas digestivas dentro de suas características pode ser uma forma efetiva para aliviar os problemas gastrointestinais prevalecentes, sendo uma opção interessante e promissora para substanciar os benefícios almejados.¹,³

Referências
Precol Precol Precol Precol Precol Precol Precol Precol Precol Precol Precol
Becan Becan Becan Becan Becan Becan Becan Becan Becan Becan Becan Becan

Sistema imunológico

As crianças são particularmente vulneráveis às inadequações da dieta, que podem comprometer vários mecanismos de função imunológica, aumentando o risco de infecções e também de doenças alérgicas, uma vez que a resposta aos antígenos pode ser prejudicada.

Infecções do trato respiratório superior são as mais comuns devido as suas vias aéreas serem mais estreitas e pelos pulmões estarem em desenvolvimento.

Assim, um sistema imunológico que funcione bem é crucial para se manter saudável. Por isso, substâncias naturais para fortalecer o sistema imunológico tem sido objeto de estudo. Provavelmente, as preparações à base de plantas mais conhecidas que exibem efeitos no sistema imunológico são feitas a partir da Echinacea. Há, no entanto, outra classe natural de imunomoduladores muito interessante - a Beta-Glucan, um polissacarídeo isolado da parede celular de Saccharomyces cerevisiae. O consumo de Beta-Glucan tem sido associado com menos sintomas de infecção respiratória aguda, processos alérgicos e redução de uso de antibióticos.

Referências
Zirvit Baby Zirvit Baby Zirvit Baby Zirvit Baby Zirvit Baby Zirvit Baby Zirvit Baby Zirvit Baby Zirvit Baby Zirvit Baby

Recém-nascidos prematuros

Noventa por cento dos bebês prematuros tem deficiência nutricional no momento da alta. Os hidratos de carbono, proteínas e gorduras são muito importantes, mas também, sais minerais e vitaminas são imprescindíveis em quantidade e qualidade adequada de acordo com os vários programas neonatais e de nutrição, de modo a evitar quaisquer deficiências ou excessos. ¹

O crescimento, desenvolvimento neurológico e qualidade de vida dependem, entre outros fatores, de um suprimento nutricional adequado com nutrientes essenciais, incluindo os minerais. Vários investigadores relataram maiores concentrações plasmáticos de selênio e glutationa peroxidase em prematuros suplementados com selênio do que em bebês alimentados com fórmula não suplementada. ¹

O zinco e o cobre oferecem importante proteção contra o estresse oxidativo e na reparação do DNA e estão relacionadas a um funcionamento normal da imunidade adaptativa e inata. ²

Os recém-nascidos com baixo peso ao nascer correm o risco de ter um estado negativo de balanço de iodo nas primeiras semanas de vida. É importante garantir que esses bebês recebam uma ingestão de iodo adequada desde os primeiros dias de vida. ³

Embora não existam diretrizes para a administração oral, é consenso que, devido a seus efeitos sinérgicos, micronutrientes antioxidantes devam ser administrados de forma combinada. ²

Referências